SOBRE O EVENTO



O Fórum RNP chega à sua 9ª edição em 2020. Nele, serão abordadas questões como segurança da informação, governança de TI, além de debates com foco nas redes acadêmicas e as mudanças da internet no Brasil.

O evento é dirigido aos profissionais de Tecnologias de Informação e Comunicação, com temas de interesse dos gestores da área e ênfase na comunidade de instituições usuárias da RNP.

Tradicionalmente, o Fórum tem atraído o interesse de diretores de TI de órgãos da administração pública, pró-reitores e reitores das Universidades e Institutos Federais, bem como pesquisadores e alunos da área.

PALESTRANTES

Andrea Iorio

Palestrante da Transformação Digital e Autor Best-Selling | Foi diretor do Tinder no Brasil | Chief Digital Officer (CDO) da L’Oréal Brasil | Professor de MBA e empresário



Jacson Fressatto

TED Speaker | Presidente Instituto Laura Fressatto | Criador do Robô Laura


Silvio Meira

Cientista-chefe da Digital Strategy Company, professor extraordinário da Cesar School, professor emérito da UFPE, fundador e presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e membro dos conselhos do Magalu, MRV, CI&T


Paul Feldman

Presidente-executivo da Rede Acadêmica do Reino Unido (Jisc)

Cristiano Heckert

Secretário de Gestão no Ministério da Economia

Ciro Avelino

Secretário Adjunto de Governo Digital no Ministério da Economia

Wilson Diniz

Diretor do Departamento de Projetos de Infraestrutura de Telecomunicações e Banda Larga no Ministério das Comunicações

Caren Milloy

Diretora-adjunta de Licenciamento da Rede Acadêmica do Reino Unido (Jisc).

Nelson Simões

Diretor Geral na RNP

José Luiz

Diretor de Serviços e Soluções na RNP

Eduardo Grizendi

Diretor de Engenharia e Operações na RNP


Iara Machado

Diretora de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação na RNP

Ester Sabino

Imunologista brasileira. Conhecida pelo sequenciamento do genoma do novo coronavírus. Professora e pesquisadora da USP


Gino Terentim

Mentor de Startups, autor, professor e curioso, buscando tornar o mundo um lugar ainda melhor por meio da educação.

Mario Rosa

Partner | Head of Business Development na Echos em Portugal, Diretor da Abedesign e Curador da 9ª Semana do Empreendedorismo de Lisboa

Tatiana Revoredo

Membro fundadora na Oxford Blockchain Foundation e Chief Strategy Officer na the Global Strategy

Luciana Portilho

Coordenadora da pesquisa TIC Saúde no Cetic.br/NIC.br

Carla Pires

Diretora de Tecnologia da Informação no IFSul

Jussara Issa Musse

Coordenadora administrativa no PoP-RS

Edna Mattos

Analista de Tecnologia da Informação da IFBA

Debora Batista Araujo

Privacy and Data Protection Director na Claro

Fabiani Borges

Advogada, consultora e sócia da Espinheira Borges & Quadros Advogados Associados

Raissa Moura Ferreira

Data Protection Officer na Inloco

Rosa Maria Vicari

Professora na UFRGS


José Marcos C. Brito

Pró-Diretor de Pós-Graduação & Pesquisa no Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel


Fabiano Mariath D`Oliveira

Gerente de Tecnologia da Informação na EMBRAPA

Fernando José Ribeiro Sales

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica e Professor Adjunto na UFPE


Guido Lemos de Souza Filho

Professor Titular no Lavid – UFPB


Camilo Carromeu

Supervisor do Núcleo de Tecnologia da Informação da Embrapa Gado de Corte


Geraldo B. Martha Jr

Pesquisador na Embrapa Informática Agropecuária

Dalton Lopes Martins

Professor na UnB

Guilherme Santos

Sócio fundador do escritório Guilherme Guimarães Advogados Associados

Luiz Humberto Rabelo Sucupira Junior

CISO do Banco do Nordeste

Wagner Monteverde

CEO da Startup de Segurança Cibernética EarlySec

Alberto Paradisi

Diretor de Estratégia no CPQD

Harrysson Nóbrega

Gerente de Projetos na RNP

Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti

Docente e Pesquisadora na UNESP

Jean Guerethes

Arquiteto de Sistemas da RNP

Ricardo Felipe Custodio

Professor na UFSC

Michele Nogueira

Professora na UFPR

Oswaldo Milanez Neto

Arquiteto de Solução e Consultor independente

Wagner Meira

Professor na UFMG

Aline Landim

Co-founder Jaubra

Ricardo Carrion Mansano

Executive Industry Solution Manager na Huawei Technologies

Fabíola Greve

Professora Titular e Pesquisadora da UFBA

Dan Lee

Diretor Executivo na Ascend Education

Luiz Cláudio

Diretor Executivo (CEO) na NORTH WAVE TELECOM

João Thiago de Oliveira Poço

Diretor de Engenharia para Clientes do Setor Público na Google Cloud

Victor Neto

Public Sector (Education), Google Cloud na Google Cloud

André Rodrigues

Especialista Azure para Educação na Microsoft

Alexandre Barbosa

Pesquisador e Consultor afiliado ao ITS-Rio

Letícia Strehl

Bibliotecária e atual Diretora da Biblioteca Central na UFRGS

Katyusha Madureira Loures de Souza

Analista em Ciência & Tecnologia na Fundação CAPES

Ana Paula Bruno

Analista de Infraestrutura – Arquiteta Urbanista no: Ministério do Desenvolvimento Regional

Laís Andrade Barbosa de Araújo

Coordenadora Geral de Apoio à Gestão Regional e Urbana no Ministério do Desenvolvimento Regional

Sarah Habersack

Assessora Técnica na Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH

Daniela Naufel Schettino

Coordenadora Geral de Infraestruturas no Ministério das Comunicações

José Gustavo Sampaio Gontijo

Diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações

Edward Madureira Brasil

Presidente da ANDIFES e reitor da UFG

Jadir José Pela

Presidente do CONIF e reitor do IFES

Rodrigo Bruno Zanin

Presidente da ABRUEM e reitor da UNEMAT

Anderson Costa

Coordenador-Geral de Governança em TI na Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia

Ruy Cesar Ramos Filho

Assessor Especial do Diretor-presidente no Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI)

Paulo José Evaristo da Silva

Diretor de EaD no Instituto Federal de São Paulo - IFSP

Guilherme Arthur Gerônimo

Coordenador de Gestão o Centro de Dados e Serviços na UFSC

Carlos Brusius

Médico Neurocirurgião e Neurologista no Hospital Moinhos de Vento



Programação

Debate com Paul Feldman, presidente-executivo da Rede Acadêmica do Reino Unido (JISC), moderado por Pilar de Almeida, assessora da Diretoria Geral da RNP.

Debate entre os reitores representantes da ABRUEM,ANDIFES e CONIF, sobre as experiências, os problemas e as oportunidades que a pandemia Covid-19 trouxe para cada comunidade, e por consequencia para a Educação Superior e Técnica brasileira. Beatriz Zoss, Gerente de Relacionamento na RNP, irá moderar o painel composto por:

  1. Edward Madureira BrasilPresidente da ANDIFES e reitor da UFG;
  2. Jadir José PelaPresidente do CONIF e reitor do IFES;
  3. Rodrigo Bruno ZaninPresidente da ABRUEM e reitor da UNEMAT.


Palestra com Jacson Fressato, presidente do Instituto Laura Fressato. Jacson é hacker ativista, arquiteto de sistemas, cocado em desenvolver tecnologia de ponta, acessível e eficiente para impactar a vida de 1 bilhão de pessoas no mundo todo. Fundador da empresa LAURA e criador da primeira Plataforma de Inteligência Artificial Gerenciadora de Risco do Mundo.

Ciência brasileira no combate ao Coronavirus

A pandemia do coronavírus veio e mudou rotinas e hábitos. O Brasil alcançou recordes de infectados, porém sem o sequenciamento do genoma do vírus não seria possível a elaboração de vacinas e de tratamentos. Neste primeiro episódio especial do evento Fórum RNP, Leonie Gouveia conversa com Ester Sabino, a imunologista conta detalhes do sequenciamento do genoma do Covid-19 e também sobre o ambiente acadêmico no Brasil.

Este painel moderado por Paulo Lopes, Especialista do Relacionamento Saúde na RNP. Paulo é Doutor em Ciências, pela Unifesp (2013). Atualmente, está na coordenação da Rede Universitária de Telemedicina - RUTE e lidera a iniciativa da RNP do Comitê Técnico de “Prospecção” Tecnológica-Científica em Saúde Digital. Está como Secretário Geral da Associação Brasileira de Telemedicina e Telessaúde - ABTms, no biênio 2020-2021, e está como Conselheiro Suplente da Comunidade Científica e Tecnológica  do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) 2020-2022.

Os participantes do desse debate serão:

  1. Fernando José Ribeiro Sales, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Engenharia  Biomédica e Professor Adjunto na UFPE. Doutor em Ciências pela USP (2009). Possui mais de 15 anos na área de Engenharia Biomédica em projetos de pesquisa, desenvolvimento, inovação e aplicação de tecnologia para [e na] saúde humana. Possui mais quase 20 anos de experiência de ensino, sendo mais da metade em ensino superior em nível de graduação e de pós-graduação. Possui experiência gerencial em diferentes níveis da administração pública por quase 08 anos. Nos últimos anos, vem se dedicando a questões no contexto de transformação digital da saúde, saúde digital, telessaúde / telemedicina, inteligência artificial aplicada à saúde, inovação, modelos de negócios, interação academia-mercado, ensino, gerenciamento de projetos e liderança com foco em tecnologia e pessoas.
  2. Luciana Portilho, Coordenadora da pesquisa TIC Saúde no Cetic.br/NIC.br. Coordenadora da pesquisa TIC Saúde no (Cetic.br) / NIC.br. Doutora e mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual de Campinas e bacharel em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo;
  3. Guido Lemos de Souza Filho, Professor Titular do Departamento de Informática do Centro de Informática da UFPB. Guido é Doutor em Informática pela PUC-RIO atuando nas áreas de Sistemas Multimídia e Redes de Computadores. O professor Guido Lemos é o Coordenador do LAVID onde desenvolve pesquisas nos seguintes temas: televisão digital, cinema digital, aplicações multimídia distribuídas, redes de distribuição de vídeo, performances artísticas distribuídas, acessibilidade, segurança da informação, fakenews e aplicações de blockchain. Destacam-se ainda como resultados de suas pesquisas o desenvolvimento de um sistema de armazenamento, transmissão e exibição de vídeos 4K 3D denominado Fogo Player, o desenvolvimento de uma plataforma para apoio a realização de espetáculos distribuídos de dança, teatro e música denominada Arthron, o desenvolvimento de servidores de vídeo para transmissão ao vivo e sob demanda, denominados DLive e DVod, que foram usados na Rede de Vídeo Digital da RNP e no serviço IPTV da USP-SP, o software para acessibilidade VLibras (usado nos sites www.brasil.gov.br, senado.leg.br e câmara.leg.br) e; o desenvolvimento de tecnologias para registro, validação e preservação de Diploma Digitais baseadas em blockchain.

Palestra com Ciro Avelino, Secretário adjunto de Governo Digital no Ministério da Economia. Leandro Guimarães, Diretor Adjunto na Escola Superior de Redes.

Painel moderado por Fabiano Mariath D`Oliveira. Fabiano é Gerente de Tecnologia da Informação da Embrapa e professor universitário com experiência em Sistemas Distribuídos, Engenharia de Software, Gerência de Projetos e Processos. Atua no setor de TI há mais de 25 anos com inovação, estruturação organizacional, gestão de times e transformação digital.

  1. Camilo Carromeu, Supervisor do Núcleo de Tecnologia da Informação da Embrapa Gado de Corte. Doutor em Ciência da Computação (2019) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Atua principalmente em nos temas Agropecuária de Precisão, Engenharia Web, Bancos de Dados, Trajetórias Semânticas, Sistemas de Informações Geográficas, Engenharia de Software, LPS, Frameworks, Geradores de Aplicação e Gerenciadores de Conteúdo
  2. Geraldo B. Martha Jrpesquisador da Embrapa desde 2001, atuando nas áreas de desempenho bioeconômico de sistemas pastoris e da integração lavoura-pecuária, e dinâmica de uso da terra. É engenheiro agrônomo (USP/ESALQ, 1994), com mestrado (1999) e doutorado (2003) em agronomia, com área de concentração em Ciência Animal e Pastagens (USP/ESALQ). Tem pós-doutorado em Economia pela Universidade de Brasília e foi pesquisador visitante junto ao USDA-ARS, Beltsville, MD, de 2015-2018. Ao longo dos últimos 20 anos coordenou mais de uma dúvida de projetos junto à Embrapa, CNPq, FAP-DF e iniciativas Embrapa-Setor Privado.

Painel com Anderson Costa, Ruy Ramos e Ricardo Felipe Custodio. 

O painel deve apresentar um panorama geral sobre as novas oportunidades que se abrem para o uso de certificados digitais no Brasil, incluindo a ICPEdu. A expectativa é a de que a palestra trate dos seguintes tópicos: 

- A mudança trazida pela MP 983 que flexibiliza o uso de certificados digitais no Brasil; 

- O que é uma ICP e quais as existentes no Brasil; 

- Como o resto do mundo lida com a questão; 

- Como o governo federal tem tratado e implementado a MP983.

Você acha que sabe tudo de internet? Ixi, você está enganado! Em um bate-papo leve, você vai conhecer algumas das histórias de bastidores dos primórdios da internet no Brasil. No final, temos certeza que você vai entender que os bastidores da internet aqui no país contaram com muito "talento" e jogo de cintura dos pesquisadores da época. Tá aqui! Sorry

Participantes: 
  1. Bruno Motta;
  2. Nelson Simões;
  3. José Luiz;
  4. Eduardo Grizendi
  5. Ari Frazão
  6. Claudete Alves
Palestra com com Ricardo Carrion Mansano. Ricardo possui grande experiência no mercado de Tecnologia da Informação atuando especialmente nas áreas de Software, Consultoria e Hardware. Expertise em Soluções para Governo como: Cidades Inteligentes, Segurança Pública, Mobilidade Urbana, Saúde e Educação. Atualmente é o Executivo de Soluções para Governo da Huawei Brasil. 

Abertura com Nelson Simões, que atua como diretor-geral da RNP desde 2002. Nelson foi conselheiro do Comitê Gestor da Internet no Brasil, eleito como representante da comunidade científica e tecnológica, entre 2002 e 2010, e ainda atua nesse cargo na Cinemateca Brasileira e em outras organizações. Foi diretor da Cooperação Latino-Americana de Redes Avançadas (CLARA), de 2003 a 2014, organização internacional responsável pela rede regional de pesquisa latino-americana. É engenheiro de computação pela PUC-Rio e mestre em Políticas de Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB).

Analisar a trajetória de mulheres na área de tecnologias, a partir de depoimentos e de dados de ingresso nas carreiras tecnológicas (graduação) e da permanência nesta área como profissional ocupando posições estratégicas.

O objetivo é estimular o debate sobre os fatores decisivos que incentivam o crescimento edesenvolvimento profissionais assim como os fatores impeditivos por parte dasinstituições para incluirem mulheres em suas equipes. O painel será moderado por Carla Pires, Diretora de TIC IFSul-Rio-Grandense, Coordenadora do FORTI.

Palestrantes:

  1. Edna Mattos, Doutoranda em Tradición literaria, cultura escrita y humanidades. Participou da criação do Fórum de Gestores de Tecnologia da Informação dos Institutos Federais de Educação (FORTI) do qual foi presidente por 10 anos. Atualmente é Analista de Tecnologia da Informação do Instituto Federal da Bahia;
  2. Jussara Musse, Diretora do CPD UFRGS, Coordenadora Administrativa PoP-RS, Fundadora doCGTIC-Andifes;
  3. Iara Machado, Diretora de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação na RNP. Mestre em Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos pela Universidade Federal Fluminense (UFF).  Trabalhou na Embratel, na área de Sistemas de Gerência de Redes. 

O painel será o espaço de apresentação do serviço NasNuvens, a experiência do aumento de uso do serviço de Conferência Web durante a pandemia, o uso do Moodle com o serviço de Conferência Web e as razões para migrar o Moodle para a Nuvem

Esse debate será moderado por José Luiz, Diretor de Serviços e Soluções na RNP e contará com os seguintes palestrantes:

  1. Carla Pires, Diretora de TI do IFSul;
  2. Paulo José da Silva, Diretor de EAD no IFSP
  3. Guilherme Arthur Gerônimo, Coordenador de Gestão do Centro de Dados e Serviços na UFSC



Painel com um dos Keynotes do evento: Andrea Iorio, Com mais de 10 anos de experiência em empresas multinacionais de tecnologia, Andrea nasceu em Genova, na Itália, e já atuou como Chief Digital Officer (CDO) da divisão de Produtos Profissionais da L’Oréal Brasil, sendo também membro do Comitê Executivo da divisão.

É autor do livro “6 Competências da Transformação Digital” que elencou na lista dos livros de negócios mais vendidos pela Amazon, na semana de lançamento.

Também é fundador da ONG Apps do Bem, que desenvolve aplicativos gratuitos para a população por meio  da sua rede de Desenvolvedores voluntários. Como parte dessa iniciativa, lançou o app Ajuda Já, que é voltado para a prevenção de suicídios através um botão de pânico.

Palestra com Cristiano Heckert, Secretário de Gestão no Ministério da Economia. Antônio Carlos Nunes, Diretor Adjunto de Serviços e Soluções na RNP, será o moderador dessa palestra.

Este painel será moderado por Michele Nogueira e Guilherme Santos e contará com a participação de:


  1. Emilio NakamuraCISO na RNP. Foi especialista em Segurança e Privacidade no CPQD. Possui Mestrado em Ciência da Computação pela Unicamp, MBA Executivo e as certificações CISSP, CISSP-ISSAP, ISSMP. Contribui com a comunidade de segurança da informação há mais de 20 anos e possui experiência em diferentes empresas, tais como Sun Microsystems, Robert Bosch, Open Security e CPqD, além de ter prestado consultorias em empresas dos setores de telecomunicações, financeiro, energia, governo e varejo. Autor do livro "Segurança de Redes em Ambientes Cooperativos" que está na 10ª edição, possui pedidos de patentes em áreas como proteção de infraestrutura crítica, autenticação, blockchain e segurança Web;
  2. Guilherme Guimarães Rocha Pereira dos Santos,  advogado e sócio fundador do Guilherme Guimarães Advogados Associados e da Datalege Consultoria Empresarial. Atua na área de Direito Digital e é especialista em Segurança da Informação pela Universidade Latino Americana de Tecnologia; cursou especialização em Gestão da Tecnologia da Informação e Comunicação pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Colaborou na redação do Marco Civil da Internet, lei promulgada em 2014. É consultor e palestrante na área de tecnologia e responsável pela elaboração da Política de Segurança da Informação e de Proteção de Dados Pessoais para diversas corporações;
  3. Michele Nogueiraprofessora titular de Ciência da Computação da Universidade Federal do Paraná. Possui doutorado em Ciência da Computação pela Universidade Pierre et Marie Curie - Sorbonne Universités, Laboratoire d'Informatique de Paris VI (LIP6). Seus interesses de pesquisa incluem redes sem fio, segurança e confiabilidade. Ela trabalhou no fornecimento de resiliência a redes auto-organizadas e sem fio por meio de tecnologias adaptativas e oportunistas, como o rádio cognitivo. A Dra. Nogueira foi uma das pioneiras na abordagem de questões de sobrevivência em redes sem fio auto-organizadas, sendo o artigo “Uma pesquisa de sobrevivência em redes ad hoc móveis” uma de suas contribuições científicas de destaque. Ela também é editora técnica associada da IEEE Communications Magazine, Computer Communications e do Journal of Network and Systems Management. Ela é ACM e Membro Sênior do IEEE.
  4. Luiz Humberto Rabelo Sucupira JuniorCISO do Banco do Nordeste. Especialista em Gestão de Segurança da Informação, Segurança Cibernética e Proteção de Dados, certificado DPO EXIN, ISFS, PDPE e PDPF EXIN, ISO 27001 LA e CPA-20. Fui Professor Universitário por 10 anos, em Sistemas de Informação e na Pós Graduação em Gestão de Segurança da Informação, onde atuei também como coordenador. Possuo 15 anos de experiência na área, principalmente como gestor, participando em projetos relevantes, dos quais cito as ações de implantação da Res. CMN 4.658, como a licitação de Next Generation Firewall e Filtro Web, a elaboração da Política de Segurança Cibernética e do Plano de Ação e Resposta a Incidentes, e implantação de Security Operation Center, a coordenação da implantação da Gestão de Continuidade de Negócios e a certificação do BNB na norma ISO/IEC 27001. Atuei em outras disciplinas, como gestor principal no Banco do Nordeste, na área de Arquitetura e Desenvolvimento Organizacional, em especial na Gestão de Processos, Normas e Documentos, onde atuei na redução de milhões de reais em recursos públicos pelo uso de documentos digitais e fui reconhecido, com a equipe, no Prêmio INOVA em 2017, pela implantação de um Sistema Normativo inovador, referência no setor bancário; 
  5. Wagner Monteverde, CEO da Startup de Segurança Cibernética EarlySec.Especialista em Segurança da Informação e Privacidade com Certificação ISO/IEC 27001, Co-Fundador da empresa de Segurança da Informação EarlySec, Coordenador do Grupo de Trabalho GT-Periscope e Assistente de Inovação no Grupo de Trabalho GT-Arquimedes ambos fomentados pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. Atua nas áreas de Segurança da Informação & Privacidade, Sistemas Distribuídos e Inteligência Artificial. Atua desde 2014 com consultoria, Pesquisa com Desenvolvimento de soluções para Segurança  Cibernética e da Informação. 

Este debate abordará temas como laboratórios virtuais e moodle em nuvem. Será moderado por Marcelino Cunha, Gerente de Serviços na RNP, formado  há 25 anos em administração de sistemas de informação e pós graduado em gerência de projetos.

Participantes:

  1. Oswaldo Milanez NetoArquiteto de Solução e Consultor independente;
  2. Dan Lee, Diretor na Ascend Education. Trabalha com SaaS há mais de 10 anos ajudando centenas de clientes a obter o máximo de tecnologias seguras, protegidas e poderosas baseadas em nuvem.

Palestra com André Rodrigues, especialista Azure para Educação na Microsoft, já tendo atuado como Cloud Sales Specialist de Azure. Dedica-se a desenvolver seu trabalho para motivar, envolver e capacitar os clientes em nossa nuvem Azure usando treinamento virtual e presencial aprimorado digitalmente. 

Palestra com Luiz Cláudio. Luiz é empreendedor, atuando há 20 anos no setor de Telecomunicações nos estados do Maranhão, Pará e Tocantins, tem como sua missão alavancar e desenvolver um backbone de alta capacidade e disponibilidade nas regiões Centro Oeste e Norte do Brasil, em parceria com ISPs Regionais e operadoras de Telecomunicações. 

Este painel será moderado por Igor Coutinho, Analista de Negócios na RNP que tem como missão fortalecer a cultura de gestão de projetos, produtos e agilidade. Transformar as pessoas, elevar a maturidade dos processos e impulsionar os resultados da organização. Igor também atua como Gerente no PMI-RJ e participou como co-autor dos livros Jornada Ágil de Liderança e Jornada de Produto.

Participantes:

  1. Mario Rosa, Partner / Head Portugal na Echos Innovation Lab. Mario é Sócio e responsável pela Echos Laboratório de inovação em Portugal. Também é Diretor da ABEDESIGN (Associação Brasileira das Empresas de Design), Brand Strategist e Design Thinker. Acredita que estamos vivendo um novo paradigma de visão de mundo e que o design concentra as habilidades necessárias para desenhar novos cenários e construir um futuro mais equilibrado. Atuou na Tatil por 5 anos como estrategista e desenvolveu projetos de branding e experiência para clientes como Comitê Olímpico e Paralímpico (case premiado da marca Olímpica e Paralímpica Rio 2016);
  2. Gino Terentim, CEO na Gino Terentim. Pai da Isa, filho da Dona Arlette, do Seu Gino e marido da Lu. Foi Coordenador Geral de Gerenciamento de Projetos no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e esteve à frente do escritório de projetos estratégicos da CAIXA. Doutorando pela Université de Bordeaux, com MBE em Economia e Gestão de Projetos pela USP, possui amplo conhecimento e experiência em Planejamento Estratégico, Inovação e Gerenciamento de Portfólios, Programas e Projetos. É mentor de Startups, autor, professor e curioso, buscando tornar o mundo um lugar ainda melhor por meio da educação. 

A tecnologia como ferramenta para a solução de problemas

 

Com o avanço da tecnologia, nossos trabalhos serão realizados por máquinas? Bem, tem uma característica humana que ainda vai prevalecer: a criatividade. Neste segundo episódio especial do evento Fórum RNP, Leonie Gouveia conversa com Aline Landim, co-fundadora e vice-presidente da JaUbra, o uber da quebrada. Ela conta a capacidade humana de encontrar soluções para os problemas, muitas vezes, vem na frente da tecnologia.

Este debate será moderado por Eduardo Grizendi, Diretor de Engenharia e Operações na RNP. Grizendi é Engenheiro Eletrônico pelo ITA, possui Mestrado pelo Inatel, MBA pela FGV e foi professor do Inatel por muitos anos na área de redes e inovação. 

Os palestrantes serão:

  1. Wilson Diniz, Diretor do Departamento de Projetos de Infraestrutura de Telecomunicações e Banda Larga, no Ministério das Comunicações. Wilson é engenheiro e mestre em engenharia elétrica pela Universidade de Brasília (UnB), é servidor de carreira da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) desde 2011, onde atuou na Superintendência de Serviços Privados, foi assessor da Gerência de Controle de Obrigações de Universalização e Ampliação do Acesso e Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação Substituto. Cedido ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações em 2019, atuou como Diretor do Departamento de Inclusão Digital, Secretário de Telecomunicação Substituto e Secretário de Radiodifusão.
  2. José Marcos C. Brito, Pró-Diretor de Pós-Graduação & Pesquisa no Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel. Doutor em Engenharia Elétrica pela Unicamp. Possui larga experiência acadêmica na área de redes de comunicações sem fio, tendo publicado mais de 60 artigos científicos em congressos e revistas nacionais e internacionais. Atua como Secretário Geral do Projeto 5G Brasil, que congrega 22 empresas e entidades do setor de telecomunicações no Brasil, desde sua criação em janeiro de 2017, coordenando as ações do projeto em suas diversas comissões temáticas. Ainda como Secretário Geral do 5G Brasil tem representado o projeto nos eventos Global 5G (organizados pelas entidades 5G Infrastructure Association do 5G-PPP, IMT 2020 Promotion Group, 5GMF, 5G Forum, 5G Americas e agora 5G Brasil) que ocorrem semestralmente em regime de rodízio de continentes. 
  3. Jonah Trunk: possui graduação e mestrado em engenharia elérica pela Unicamp. Empreendedor em Telecomunicações. Foi fundador e CEO da Metrocable. Fundador e CEO da Linktel.

    Este painel será moderado por Alexandre Uchoa, especialista na RNP, e contará com a participação das seguintes palestrantes:


    1. Caren MilloyDiretora-Adjunta de Licenciamento na Rede Acadêmica do Reino Unido (Jisc)  Está à frente das negociações, pesquisas e atividades de comunicação da rede. Tem como especialidade acesso aberto e o desenvolvimento de serviços de gerenciamento de dados e recursos. No Fórum, falará sobre o tema Bibliotecas Virtuais. 
    2. Letícia Strehl, Bibliotecária, atual Diretora da Biblioteca Central da UFRGS. Possui graduação em Biblioteconomia, mestrado em Comunicação e Informação e doutorado em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Como bibliotecária atua no Sistema de Bibliotecas da UFRGS há mais de 20 anos. Atualmente, é Diretora da Biblioteca Central da UFRGS e coordena tecnicamente as 31 bibliotecas do Sistema da UFRGS. 
    3. Katyusha Madureira Loures de Souza, Analista em Ciência & Tecnologia na Fundação CAPES. Faz parte da Coordenação-Geral do Portal Periódicos CAPES desde 2008, é coordenadora-geral do Portal de Periódicos substituta desde 2016 e atua como Product Owner do Portal desde 2018. Ela integra as equipes de bibliotecários responsáveis pelo desenvolvimento de coleções e pelo monitoramento dos sistemas do Portal. Suas atividades estão relacionadas a projetos de inovação, funcionamento de sistemas de descoberta, gestão de recursos eletrônicos e assuntos relacionados. Ela é Mestre em Ciência da Informação e Bacharel em Biblioteconomia ambos pela Universidade de Brasília. Possui experiência na área de Gestão da Informação, Arquitetura de Informação, análise e monitoramento de Sistemas de Informação, Gestão de Projetos e tem interesse em áreas relacionadas à Planejamento e Gestão de Sistemas de Informação, Inteligência Artificial, Bibliotecas Digitais e Cientometria.

    Palestra com Silvio Meira, Cientista-chefe da Digital Strategy Company, professor extraordinário da Cesar School, professor emérito da UFPE (Centro de Informática – CIn), fundador e presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e membro dos conselhos do Magalu, MRV, CI&T e Capes. 

    Este debate será moderado por Rodrigo Facio, especialista em Segurança da Informação na RNP. Rodrigo possui MBA e Pós-Graduação em Segurança da Informação pelo IBTA, certificações em Segurança da Informação e Privacidade de Dados, e apoia instituições clientes da RNP em projetos de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados.  

    1. Debora Batista Araujo, Privacy and Data Protection Director na Claro. Debora é DPO Certificada pela Universidade de Maastricht. Especialista em Contratos pela PUC/SP; em Direito da Economia e da Empresa pela FGV/SP; e em Direito Societário pelo Insper. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Ceará;
    2. Fabiani Borges, consultora e sócia da Espinheira Borges & Quadros Advogados Associados. Advogada com 22 anos de experiência, sócia do escritório Espinheira Borges & Quadros Advogados Associados, Especialista em Direito Processual Civil (Unifacs), MBA Direito Eletrônico (Escola Paulista de Direito) e Compliance (IBCCrim-Coimbra); Formação Avançada em Ciberespaço (Coimbra), certificada pela EXIN Privacy and Data Protection Essentials (PDPE) membro Instituto Brasileiro de Direito da Informática; do Instituto Brasileiro de Direito Digital – IBDDIG, da ISOC (Internet Society) Brasil, da AB2L – Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs, da Comissão Permanente de TI da OAB/BA, e do IAPP – The International Association of Privacy Professionels. 
    3. Raissa Moura Ferreira, Data Protection Officer na Inloco. É advogada especialista em Proteção de Dados e Privacidade, Data Protection Officer na In Loco e Incognia. Legal Law Master em Direito Corporativo pelo IBMEC. Fundadora do Capítulo Recife do movimento internacional de direito e tecnologia Legal Hackers. Também é professora convidada de importantes instituições de ensino brasileiras, como Insper, Instituto New Law e Curso de Formação de DPO do Opice Blum Academy. Co-autora dos livros Data Protection Officer: Teoria e Prática de Acordo com a LGPD e GDPR”(Thomson Reuters, 2020) e “Temas Atuais de Proteção de Dados” (Thomson Reuters, 2020). 

    Blockchain está se posicionando como uma nova tecnologia de núcleo, sendo adotada em diferentes segmentos da indústria e em diferentes iniciativas de Governos ao redor do mundo. O que é a Blockchain e como a mesma pode colaborar na Governança das Instituições? Como processos são mediados por contratos inteligentes? Como a identidade das partes é tratada? Como os governos estão aproveitando os benefícios da tecnologia Blockchain? Estas e outras perguntas serão tratadas no painel a partir da visão de especialistas do CT-Blockchain da RNP. Este painel será moderado por Fabíola Greve e contará com a participação de Alberto Paradisi e Tatiana Revoredo.

    1. Alberto Paradisi, Diretor de Estratégia no CPQD. Possui doutorado em Ingegneria Elettronica - Politecnico Di Torino (1993), tem experiência de pesquisa e desenvolvimento, coordenação e gestão na área de Engenharia Elétrica, gestão Tecnológica e gestão da Inovação com ênfase em Sistemas de Telecomunicações, Internet das Coisas, tecnologias de Sensoriamento, blockchain e inteligência artificial;
    2. Fabíola Greve, Professora Titular e Pesquisadora da UFBA. Possui doutorado pela Université Rennes I, INRIA Labs e pós-doutora na Paris-Sorbonne Université, França. Fabíola coordena o grupo de computação distribuída Gaudi, onde lidera pesquisas e projetos nacionais e internacionais em tolerância a falhas, desenvolvimento de sistemas seguros e confiáveis, e blockchain. Atual assessora de tecnologia da informação da reitoria da UFBA, coordenadora do comitê técnico em blockchain da RNP, membro da Câmara de Ciência da Computação da Fundação de Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) e da Comissão Especial de Redes e Sistemas Distribuídos da SBC (Sociedade Brasileira de Computação);
    3. Tatiana Revoredo, Blockchain Strategist pelo MIT e Universidade de Oxford, CSO da the Global Strategy, professora de Blockchain no Centro Internacional de Pesquisa ATOPOS-USP, Insper e  Nextlaw Academy, membro fundadora da Oxford Blockchain Foundation, membro do Government Blockchain Association e representante do European Law Observatory on New Technologies no Brasil. 

    Painel com Rosa Maria Vicari, Wagner Meira, Carlos Brusius e Lisandro Granville.

    Este painel tratará da profunda influência que a Inteligência Artificial (IA) pode ter nas sociedades, meio ambiente e vidas humanas, particularmente na mente humana, devido em parte às novas maneiras como a IA influencia o pensamento humano e a tomada de decisão autônoma por parte das máquinas.

    Esta influência afeta vários setores da sociedade e, em particular, a educação, ciência, e a cultura. Logo, este fato requer novas habilidades e competências para as gerações atuais e futuras.

    Ainda, os sistemas de IA podem ser de grande utilidade para a humanidade, mas também levantam questões éticas fundamentais, por exemplo, questões de viés, que podem afetar a Machine Learning (aprendizagem de máquina) e agravar a desigualdade, exclusão, ameaçar a diversidade cultural, social, e a igualdade de gênero. Ou seja, seu possível impacto na privacidade, liberdade de expressão, processos sociais, econômicos e políticos.

    O desenvolvimento da IA pode diminuir as desigualdades existentes se os países que se encontram em desvantagem. Atualmente desenvolverem as políticas inovadoras, mas também podem  aprofundar as divisões e desigualdades existentes no mundo.

    Para enfrentar os desafios da IA em culturas e sistemas éticos diversos e interconectados visando reduzir o potencial de seu uso indevido, é necessário um movimento de cooperação global.

    Diferentes países estão enfrentando uma aceleração no uso de tecnologia da IA, e que a economia digital apresenta desafios sociais significativos e oportunidades para sociedades criativas, que exigem o reconhecimento de culturas, valores e conhecimentos endógenos para desenvolver economias.

    Dentro deste contexto, para tratar o tema, serão utilizados documentos produzidos por vários fóruns, públicos, empresa privadas desenvolvedoras de IA, organizações não governamentais e organizações profissionais internacionais e nacionais.

    Nesta palestra, teremos a participação de:

    1. João Thiago de Oliveira PoçoDiretor de Engenharia para Clientes do Setor Público, na Google Cloud. Graduado em ciência da computação com especialização em redes de computadores pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Foi Secretário-Adjunto e Chefe de Gabinete na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, atuou como gerente de projetos de infraestrutura de TI na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo de 2002 a 2006. Exerceu a função de CIO na Informática de Municípios Associados (IMA) e na Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) de 2007 a 2011. Foi responsável pela área de desenvolvimento de negócios e vendas para governos estaduais e justiça na Microsoft Brasil de 2013 a 2020. Foi membro do Conselho Fiscal de empresas como Prodam e São Paulo Turismo S/A. Atualmente é Diretor da área de engenharia para clientes do setor público da América Latina na Google Cloud.
    2. Victor Netofaz parte da área de Global Public Sector do Google Cloud, focado na vertical de tecnologia aplicada à educação. Possui experiência em empresas de tecnologia, com passagens por Apple e Google. Também faz parte do grupo de líderes da Fundação Estudar, onde é voluntário e doador. 

    O CONECTI é um consórcio multi-institucional constituído pelas instituições CAPES, CNPq, CONFAP, IBICT, RNP e SCIELO, que prevê a criação de uma plataforma nacional de integração de dados, relacionados à educação, ciência, tecnologia e inovação (ECTI), com a finalidade de: • Promover ferramentas integradoras de informações entre as instituições partícipes do Consórcio, para aumento da racionalidade do sistema nacional de informações de ECTI; • Gerar e disponibilizar informações da ECTI, seguindo padrões nacionais e internacionais; • Viabilizar acordos internacionais em consórcio (ex. assinatura e adoção do ORCID como identificador persistente de pesquisadores) • O CONECTI prevê criar um ecossistema de informações em pesquisa com foco no pesquisador, integrando os sistemas federais e estaduais e otimizando a gestão do conhecimento.

    Este painel será moderado por Claudio Fabrício, Gerente de Soluções na RNP, e contará com os seguintes participantes


    1. Harrysson Nóbrega, Gerente de Projetos no ConectiBR;
    2. Jean Guerethes, Arquiteto de Soluções na RNP;
    3. Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti, Docente e Pesquisadora na UNESP. Doutora em Educação pela UNESP (2001)

      Palestra com Alexandre BarbosaPesquisador e Consultor afiliado ao ITS-Rio. Será fornecido um panorama dos sistemas de identificação em uma perspectiva global, nacional e regional, pontuando qual o papel da identidade digital nesse cenário, os desafios tradicionais e emergentes, seus usos setoriais, e quais são as boas práticas e as possibilidades no contexto brasileiro. Discutiremos, também, o prognóstico da identidade digital no país, o marco regulatório, as possibilidades para a RNP e para a sociedade brasileira.

      Como o 5G altera a infraestrutura das telecomunicações no Brasil

      Uma revolução na forma como nos conectamos e usamos a internet. Esse é o potencial do 5G, quinta geração de conectividade móvel. O que isso significa? Carros conectados, até mesmo autônomos, jogos multiplayer pelo celular, realidade virtual e aumentada, telemedicina de ponta. Para conversar sobre o tema, neste terceiro episódio especial do evento Fórum RNP, Leonie Gouveia entrevista o diretor de Engenharia e Operações da RNP, Eduardo Grizendi.

      Desde 2002, a RNP vem aprimorando sua gestão de programas de P&D, realizado através de um processo de inovação aberta com a academia. A partir de 2019, a RNP começou a ampliar essa parceria, incluindo o ecossistema de inovação na colaboração do desenvolvimento de novos produtos e serviços, seja fomentando a criação de novas startups (empresas nascentes) ou apoiando startups já existentes, culminado no novo Programa de P&D Serviços Avançados composto por Grupos de Trabalho.

      Este painel irá apresentar como funciona o novo programa, que alia o desenvolvimento tecnológico com o desenvolvimento de negócios, aumentando o potencial de geração de produtos sustentáveis para o Sistema RNP e como as equipes de TI das instituições usuárias podem participar desse processo de criação, validação, construção dos novos modelos de negócios e se beneficiar das inovações do Programa de P&D Serviços Avançados.

      As universidades públicas brasileiras detém um enorme patrimônio cultural e científico na forma de coleções sistematizadas. Possuem enorme valor científico e cultural, abarcando áreas como amostras científicas, áudio-visual, dados, fotografias, bibliografia, pinturas, esculturas, jornais, etc.

      Para além dos museus e espaços culturais constituídos, as coleções universitárias se distribuem por laboratórios, grupos de pesquisa, núcleos, entre outros. A questão da digitalização, dos padrões e formatos, das possibilidades de documentação e, sobretudo, da infraestrutura de software e hardware para a disponibilização, busca e recuperação dessas coleções é um problema ainda mal resolvido no Brasil e que exige atenção das entidades de técnicas e de fomento de políticas para a área. Em 6 anos de existência, o projeto Tainacan consiste na pesquisa e desenvolvimento de um software livre para apoio a gestão de coleções digitais.

      Atualmente, já vem sendo utilizado por 17 universidades públicas brasileiras, em diferentes contextos, sejam arquivísticos, bibliográficos e museológicos. Iniciativas atuais vem observando esse desenvolvimento e realizando ações piloto de interoperabilidade entre os repositórios digitais dessas instituições, experimentando a possibilidade de geração de uma ferramenta integrada de busca e recuperação da informação em coleções universitárias. A proposta da palestra é apresentar esse cenário, os resultados obtidos e as possibilidades desses elementos constituírem uma estratégia e política de informação para as universidades públicas.

      Palestra com Dalton MartinsProfessor no curso de Biblioteconomia e do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação PGGCinf da Faculdade de Ciência da Informação (FCI) na Universidade de Brasília (UnB). Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (2002) e mestrado em Engenharia da Computação pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Doutor em Ciências da Informação pela ECA-USP (2009-2012), trabalhando com o tema de mapeamento, análise estrutural e dinâmica de Redes Sociais em ambientes digitais distribuídos. Pesquisa sobre os temas repositórios digitais, acervos digitais e estratégias de interoperabilidade de sistemas de informação, dados abertos ligados, ciência de dados e aprendizagem de máquina com ênfase na análise de objetos digitais. Coordena o projeto de pesquisa Tainacan - software livre para a construção social de repositórios digitais - parceria com o Instituto Brasileiro de Museus.

      Cidades Inteligentes usam TICs (tecnologias de comunicação e informação) e soluções inovadoras integradas, com uma visão ampla. Ou seja, por um lado, percebem que a tecnologia deve ser usada para oferecer governo e serviços públicos eficientes, respeitando costumes e tradições. Mas ao mesmo tempo, entendem que há outras formas de conectar e inovar além da tecnologia digital, especialmente nas áreas urbanas pouco densas. O painel será moderado por Luiz Messina, Coordenador Nacional da Rede Universitária de Telemedicina

      Este debate contará com a participação de:

      1. Ana Paula Bruno: Graduada e Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, com mais de 18 anos de trajetória no setor público, tanto em nível local como nacional, em temas de política urbana. Desde 2010, é servidora pública do Governo Federal, com atuação no extinto Ministério das Cidades e, atualmente, no Ministério do Desenvolvimento Regional, seu sucessor, onde exerceu, entre janeiro de 2019 e junho de 2020 a função de Coordenadora-Geral de Apoio à Gestão Regional e Urbana na Secretária Nacional de Mobiliade e Desenvolvimento Regional e Urbano, tendo entre suas responsabilidades a formulação da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano, ainda em curso.
      2. Sarah Habersack é especialista de mudança organizacional, desenvolvimento urbano e transformação digital. Ela possui um mestrado de Ciências do Desenvolvimento Internacional e um mestrado de Desenvolvimento Organizacional e Coaching. Sarah trabalhou no setor urbano na Índia, Europa e no Brasil por mais que 12 anos e agora é assessora técnica da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH do projeto de cooperação técnica Brasil-Alemanha “Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável (ANDUS)”. Dentro desse projeto ela coordena junto com o Ministério de Desenvolvimento Regional o processo da formulação da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes.
      3. Laís Andrade Barbosa de Araújo: Graduada e Mestre em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco, com experiência no setor público. Analista de Gestão – Economista da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, com atuação nas áreas de pesquisa de mobilidade urbana, planejamento e orçamento. Está à frente da Coordenação-Geral de Apoio à Gestão Regional e Urbana, desde julho de 2020, atuando nos temas de desenvolvimento urbano e cidades inteligentes;
      4. José Gustavo Sampaio Gontijo, Diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, ENGENHEIRO ELÉTRICO, com especialização em Gestão Pública em Ciência e Tecnologia. MINISTÉRIO DAS CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÕES E COMUNICAÇÕES (2016-atual): Atualmente é Diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital na Secretaria de Empreendedorismo e Inovação - SEMPI. , sendo responsável por subsidiar a formulação de políticas, diretrizes, objetivos e metas relativos à inovação digital, à pesquisa científica e ao desenvolvimento industrial e tecnológico do setor de tecnologias da informação e da comunicação do País, em especial as medidas necessárias à execução das políticas nacionais de informática e automação e de tecnologias da informação e comunicação, tais como aquelas relacionadas à indústria de semicondutores, microeletrônica, 6G e internet das coisas
      5. Daniela Naufel Schettino: Graduada e Doutora em Engenharia de Telecomunicações pela Universidade Federal de Minas Gerais, com experiência tanto no setor público quanto no privado. Especialista em Regulação da ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações, está à frente da Coordenação-Geral de Infraestruturas do Ministério das Comunicações desde 2019, atuando em diversos programas de Inclusão Digital.
      Mini Workshop da ESR, ministrado por Leandro Pfeifer

      Mini Workshop da ESR, ministrado por Carlos Nilton Corrêa

      Mini Workshop da ESR, ministrado por Gabriel Renault (Elo Group)

      PATROCINADORES

      PETABYTE




      TERABYTE



      GIGABYTE





      MEGABYTE





      APOIO