Notícia

Agências detalham linhas de financiamento a ciência, tecnologia e inovação

08/11/2016 19:42

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) mostraram instrumentos de financiamento a projetos de pesquisa científica e tecnológica no país no painel que encerrou o primeiro dia de debates no Fórum RNP 2016. Segundo a chefe do Departamento de Prioridades do BNDES, Helena Tenório, “a inovação continua sendo um tema prioritário para o banco e não faltarão recursos”.

A executiva falou sobre as diferentes formas de apoio a projetos de pesquisa e inovação tecnológica do banco, entre elas as linhas que se dedicam mais ao financiamento as áreas de infraestrutura de TI e conectividade, como o Finem (Financiamentos a empreendimentos) e o Fundo Tecnológico (Funtec). “O Funtec é um instrumento do BNDES que trabalha melhor as parcerias com institutos tecnológicos e a agenda empresarial. Estamos estimulando a atuação em rede construindo a ponte entre a academia e as empresas”, mencionou Helena.

Já o diretor executivo da Finep, Márcio Girão, apresentou as linhas da agência, que se manifestam pelos seguintes instrumentos de apoio: crédito, financiamentos não reembolsáveis para Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), subvenção econômica, investimentos em fundos, investimentos diretos e parques tecnológicos. Desde 2002 e 2013, a Finep apoiou 13 projetos da RNP.